Portal Ibero-Americano das Artes en Cena

Comunidade: Youtube Facebook Twitter Idiomas: ESP CAT

POR

ENG

O portal ESCENAIBAM e o Instituto Universitario Nacional de las Artes (IUNA) de Buenos Aires

 

 

O portal ESCENAIBAM é uma iniciativa conjunta do Institut del Teatre (IT) de Barcelona, do Instituto Nacional de Bellas Artes y Literatura (INBAL) de México-DF, de la Universidad Nacional de las Artes (UNA) de Buenos Aires e da Universidade de São Paulo (USP) de São Paulo.

 

 

Trata-se, pois, de uma iniciativa de quatro instituições supra-escolares, isto é, que constituem importantes conglomerados ao serviço da docência, a investigação e a difusão no campo das artes cênicas, com uma ampla projeção para além de seus respectivos âmbitos nacionais, que incluem escolas superiores de teatro e de dança e que se propõem também procurar pela conservação e difusão do patrimônio cênico.

Com o projeto ESCENAIBAM, estas quatro instituições propõem-se criar um banco de conhecimento cênico próprio do espaço ibero-americano, com a vontade de contribuir a articulá-lo e a pô-lo em valor no plano global.

Sua função básica será pôr em comum e inter-relacionar o conhecimento e a informação disponíveis, hoje dispersos, e gerar sinergias multiplicadoras entre as partes. Como também reunir a diversidade dos recursos documentais, bibliográficos e museísticos existentes, para os fazer acessível às escolas de artes cênicas, aos pesquisadores, aos artistas, aos produtores, aos programadores, aos comunicadores.

O nome do portal, ESCENAIBAM, está composto por dois termos. Em primeiro lugar, pela palavra ESCENA (igual em espanhol que em catalão), que inclui a palavra CENA (portuguesa) e que, em ambos os casos, assinala o amplo leque das artes cênicas ou, mais ainda, todas as artes que se dão cita na cena, como vem a sublinhar seu subtítulo: ARTES EM CENA. Em segundo lugar, está o termo IBAM, que resulta de contrair a adjetiva ibero-americana.

A apresentação e o esquema do portal aparecem, a vontade dos usuários, em espanhol, português, catalão e inglês; as três primeiras por serem as línguas respectivas das quatro instituições titulares do portal; e a quarta para ampliar a acessibilidade deste. A documentação vem apresentada em sua língua original e conta com a assistência dos tradutores automáticos mais idôneos.

O portal ESCENAIBAM, a sua vez, está disposto a ser um trampolim de iniciativas ao serviço das artes cênicas. Com esta finalidade, fica a disposição de quantas entidades, escolas e grupos coincidam nesta vontade de serviço.


O Instituto Universitario Nacional de las Artes (IUNA)

O IUNA forma realizadores, profissionais, cientistas e docentes no campo da arte e suas disciplinas afines, com solidez profissional, espírito crítico, mentalidade criadora e sentido ético e social, em um marco universitário contemporâneo.ponibles.

O IUNA como instituição foi conseqüência de diversos fatores (históricos, políticos, educativos, artísticos e sociais) que se deram cita em um mesmo tempo e lugar, a fins do ’96, na República Argentina.

Foi criado pelo Decreto Nacional do Poder Executivo 1404-3/12/96 e significou a concreção de um projeto longamente demorado cujo critério foi o de transformar em universitária a educação artística dependente da Nação, radicada na Cidade de Buenos Aires. Esta transformação não foi só uma questão formal, senão que buscou a jerarquização do ensino artístico reconhecendo a arte como gerador de conhecimento. Assim, sete prestigiosos conservatórios, escolas e instituições terciários e superiores de arte –o Conservatório Nacional Superior de Música “Carlos López Buchardo”, a Escola Nacional de Belas Artes “Prilidiano Pueyrredón”, a Escola Superior de Belas Artes da Nação “Ernesto da Cárcova”, o Instituto Nacional Superior de Cerâmica, a Escola Nacional de Arte Dramático “Antonio Cunill Cabanellas”, o Instituto Nacional Superior de Danças e o Instituto Nacional Superior de Folklore– conformaram o capital com o que se criou o IUNA.

A sua vez, a incorporação de novas linguagens artísticas, além da formação específica de docentes e críticos especializados nas diferentes disciplinas tornou imprescindible a criação e a posta em funcionamento de quatro novas unidades dedicadas à formação docente, às artes multi-mediais, às artes audiovisuais e à crítica de arte.

A união das sete instituições históricas mais as novas áreas dá como resultado uma proposta absolutamente inovadora –não só na Argentina, senão em Latino América e, até no mundo–, que buscou adequar o ensino artístico às necessidades do novo século. A proposta busca facilitar a inter-relação entre as diferentes artes, respeitando as diferenças da cada área mais potenciando as infinitas cruzes de fronteiras entre uma e outra linguagem. Neste sentido, a possibilidade de que convivam em uma mesma instituição estudantes de Música, Teatro, Cinema, Artes Visuais, Dança e multimèdia, entre outras disciplinas, pretende favorecer e promover um intercâmbio que o genuíno desenvolvimento da cada uma das áreas depois trará inevitavelmente aparelhado.